PLSTICO: DESCRIO E ANLISE DO CICLO DE DO CICLO DE...departamento de geografia e meio ambiente...

download PLSTICO: DESCRIO E ANLISE DO CICLO DE DO CICLO DE...departamento de geografia e meio ambiente monografia de graduao plstico: descrio e anlise do ciclo de reciclagem. humberto margon

of 88

  • date post

    06-Feb-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of PLSTICO: DESCRIO E ANLISE DO CICLO DE DO CICLO DE...departamento de geografia e meio ambiente...

  • DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA E MEIO AMBIENTE

    MONOGRAFIA DE GRADUAO

    PLSTICO: DESCRIO E ANLISE DO

    CICLO DE RECICLAGEM.

    HUMBERTO MARGON VAZ FILHO

    ORIENTADOR: PROF LUIS FELIPE GUANAES

    JULHO DE 2006

  • PONTIFCIA UNIVERSIDADE CATLICA DO RIO DE JANEIRO

    CENTRO DE CINCIAS SOCIAIS CCS

    DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA E MEIO AMBIENTE

    MONOGRAFIA DE GRADUAO

    HUMBERTO MARGON VAZ FILHO

    PLSTICO: DESCRIO E ANLISE DO CICLO DE RECICLAGEM.

    BANCA: ________________________

    Prof Luis Felipe Guanaes (Orientador)

    ________________________

    Prof Rogrio Ribeiro de Oliveira

    _______________________

    Prof Josaf Carlos Carlos Siqueira S.J.

  • Agradecimentos:

    Agradeo a todas as pessoas que me ajudaram de forma direta ou indireta

    nesse trabalho. Seja na forma de colobarao efetiva ao trabalho aqui feito ou

    dando algum tipo de incentivo a mim nas horas de frustrao e de pouca

    criatividade que por vezes me fez questionar a elaborao deste.

    Agradeo em primeiro lugar a minha famlia. Meu pai Humberto pelo incentivo e

    por agentar meu mau humor. E minha me Angela pelos conselhos que

    influenciaram diretamente na produo desse trabalho, por agentar tambm meu

    mau humor e por ter feito de mim um Gegrafo.

    No poderia deixar de citar tambm meus queridos amigos que muitas vezes

    me deram apoio emocional nas horas de estresse. Quero fazer agradecimento

    especial aos meus amigos Cesar e Eduardo que tambm passaram nesse ano pela

    mesma difcil misso de concluir a faculdade. Tambm quero agradecer a minha

    analista, Marcia, por toda sua ajuda.

    Por ltimo quero dedicar essa Monografia a uma pessoa que nunca questionou

    nada sobre minha vida acadmica e mesmo assim ajudou a financiar boa parte

    dessa jornada sem nunca me desacreditar. Ela sabia que mais dia menos dia eu

    terminaria com louvor esse curso. Obrigado vov Judith pelo total e irrestrito apoio.

    Espero que esteja assistindo meu triunfo de algum lugar.

  • 2

    Resumo:

    Os objetivos desse trabalho so em primeiro lugar, descrever o Ciclo de

    Reciclagem do Plstico comeando a partir da extrao da matria-prima dom

    plstico o petrleo, mostrando o processo de transformao dele em produto e seu

    caminho at o consumo e descarte desse material. A partir dai descreveremos como

    feita a reciclagem do produto at seu destino final que seria um novo produto

    pronto pro consumo.

    Depois faremos uma anlise das redes que implicam esse complexo ciclo

    apontando falhas e apresentando possveis melhoras para que aja uma continuidade

    no Ciclo de Reciclagem do Plstico.

  • 3

    ndice:

    INTRODUO______________________________________________06

    1.Breve histrico sobre lixo no mundo _____________________________________ 09

    2.Breve histrico sobre reciclagem________________________________________ 11

    DESCRIO DO CICLO DE RECICLAGEM DE MATERIAIS

    PLSTICOS________________________________________________14

    1.A Produo do Plstico _______________________________________________ 14

    1.1 O plstico e sua matria-prima _____________________________________ 14

    1.1.1 A Histria do plstico ___________________________________ 15

    1.1.2 A explorao do petrleo no Brasil e no mundo ______________ 17

    1.1.3 Uso do petrleo como matria-prima para materiais plsticos ___ 19

    1.2 O refinamento e as Indstrias Petroqumicas _______________________ 20

    1.2.1 Histria da Indstria Petroqumica _________________________ 20

    1.2.2 O processo de refinamento do petrleo para a transformao em

    resinas plsticas _________________________________________________ 23

    1.2.3 Os tipos de resinas termoplsticas_________________________ 25

    1.3 Os produtos feitos a partir de resinas plsticas ______________________ 27

    1.3.1 Os setores da indstria que utilizam materiais plsticos ________ 28

    1.3.2 Produtos que utilizam resinas termoplsticas ________________ 28

    2. O Consumo e o Descarte do Plstico____________________________________ 32

    2.1 A chegada dos produtos aos consumidores ________________________ 33

    2.1.1 Crescimento da produo de produtos feitos a partir do plstico

    no mundo ______________________________________________________ 33

    2.1.2 A chegada populao e os locais de venda de produtos feitos a

    partir de resinas plsticas__________________________________________ 35

    2.1.3 O consumo crescente do plstico nas grandes cidades ________ 36

    2.2 O descarte dos produtos que utilizam resinas plsticas _______________ 36

    2.2.1 A transformao do plstico em lixo e o seu descarte__________ 37

    2.2.2 Os problemas causados pelos plsticos consumidos e

    descartados pela populao________________________________________ 38

  • 4

    3. Reciclagem do Plstico_______________________________________________ 42

    3.1 Coleta Seletiva no Municpio do Rio de Janeiro _____________________ 43

    3.1.1 A Lei de Limpeza Urbana ________________________________ 43

    3.1.2 Processo de Coleta Seletiva domiciliar da COMLURB _________ 47

    3.1.3 Catadores de Lixo e as Cooperativas ______________________ 49

    3.2 As empresas de separao de material plstico _____________________ 50

    3.2.1 Indstrias que vendem seu lixo para reciclagem ______________ 51

    3.2.2 Estudo de caso da Faria Plsticos _________________________ 52

    3.3 As empresas de reciclagem de materiais plsticos ___________________ 55

    3.3.1 Tipos de reciclagem do plstico ___________________________ 55

    3.3.2 Pequenas e as grandes usinas de reciclagem________________ 56

    3.3.3 Produtos feitos de resinas plsticas recicladas _______________ 58

    ANLISE DO CICLO DO PLSTICO ____________________________60

    1. Anlise da produo do plstico ________________________________________ 61

    2. Anlise do consumo e do descarte do plstico ____________________________ 65

    3. Anlise da reciclagem do plstico_______________________________________ 68

    CONSIDERAES FINAIS____________________________________76

    BIBLIOGRAFIA _____________________________________________79

    ANEXOS:

    FOTOS ___________________________________________________81

    MAPA_____________________________________________________86

  • 5

    ndice de Fluxogramas:

    Fluxograma 1 Esquema da Monografia___________________________________ 13

    Fluxograma 2 Rede de Produo do Plstico ______________________________ 30

    Fluxograma 3 Plo Petroqumico________________________________________ 31

    Fluxograma 4 Rede do Consumo e Descarte do Plstico_____________________ 41

    Fluxograma 5 Rede de Reciclagem do Plstico ____________________________ 59

    Fluxograma 6 - Ciclo de Reciclagem do Plstico _____________________________ 75

    NDICE DE TABELAS:

    Tabela 1 - Tipos de Resinas Plsticas _____________________________________ 27

    Tabela 2 - Utilizao do Plstico no Brasil __________________________________ 29

    Tabela 3 - O Consumo de Plstico no Brasil ________________________________ 35

    Tabela 4 - Disposio Final do Lixo no Brasil________________________________ 40

    Tabela 5 - Quantidade de Lixo Reciclvel Recolhido no Rio de Janeiro ___________ 48

    Tabela 6 - Preo dos Produtos Comprados pela Faria Plsticos_________________ 54

    Tabela 7 - Potencial Seletivo do Lixo Domiciliar Brasileiro______________________ 67

    Tabela 8 - Potencial Seletivo do Lixo Industrial Brasileiro ______________________ 67

  • 6

    INTRODUO

    O plstico um material com uma histria interessante, foi descoberto quase

    que por acaso e revolucionou a indstria no mundo inteiro. Desde seu surgimento

    at hoje ele vem se tornando cada vez mais importante no dia-a-dia da civilizao.

    Utilizado em diversos produtos que so consumidos diariamente pela populao

    mundial, o plstico representa um marco na produo de qualquer tipo de

    mercadoria de uso domstico. Ele se comporta como uma espcie de medidor de

    tecnologia domstica. 1

    A todo o instante todos os anos novos tipos de resinas termoplsticas

    diferentes so descobertas e inventadas. So resinas mais leves e mais resistentes,

    umas resistem mais ao frio, outras ao calor. Outras so extremamente resistentes e

    bastante flexveis, assim como tambm existem aquelas no to flexveis e as feitas

    para agentar altos nveis de presso.

    Hoje existem tipos de plsticos mais resistentes e muito mais leves que o ao.

    Inmeros tipos de resinas plsticas para diferentes tipos de utilidades contribuem no

    avano tecnolgico de produtos no s domsticos, como tambm para o uso

    industrial.

    Seja para uso em indstrias, seja para uso nos prprios produtos

    industrializado o plstico acompanha a produo de novas mercadorias que estaro

    nos mercados e futuramente nas casas e nos comrcios servindo populao.

    Uma das novas prticas utilizadas pelos economistas para medir o grau de desenvolvimento econmico de uma sociedade verificar em que nvel se situa o consumo do plstico em suas diversas formas e utilidades. Isso porque o seu uso espalhou-se de tal forma, que j no possvel conceber qualquer atividade da vida moderna, que no seja apoiada por objetos de plstico. Jornal de Plsticos (2001).

    1 Retirado do site Jornal dos Plsticos.

  • 7

    difcil pensar em um mundo sem resinas termoplsticas, elas esto em toda

    parte enraizada na nossa vida cotidiana. Dos objetos mais bsicos como garrafas