Processo de Conformação Para o Plástico

download Processo de Conformação Para o Plástico

of 20

  • date post

    21-Jul-2015
  • Category

    Engineering

  • view

    184
  • download

    6

Embed Size (px)

Transcript of Processo de Conformação Para o Plástico

Processo de Conformao Para Plstico

Processos de Conformao Para PlsticoJoo FranciscoJorge da CunhaJudson BarrosMateus SoaresPallomma LobatoTipos de Conformao para PlsticoTermoformaoFundioConformao e Processamento de Espumas PolimricasTermoformaoProcesso no qual uma chapa de termoplstico aquecida e conformada na forma desejada.Realizado em duas etapas principais:AquecimentoConformaoA durao do ciclo depende da espessura e colorao do polmero.Apenas termoplsticos podem ser termoformados.

Tipos de TermoformaoA vcuoPor presso MecnicaTermoformao VcuoPrimeiro processo de termoformaoA presso negativa suga a chapa preaquecida para dentro do molde.

Termoformao por PressoAplica-se uma presso para forar a placa para dentro do molde.Presso utilizada: entre 3 e 4 atm.Tipos de molde:NegativoPositivo

Molde Negativo

Molde Positivo

Termoformao MecnicaUsa-se um molde positivo e um negativo que se encaixam pressionando a pea a ser conformada.No usada nenhuma presso de arVantagem: Controle dimensional.Detalhamento da superfcie em ambosos lados.Desvantagem:So necessrios dois moldes.

Vantagens e desvantagens da TermoformaoVantagens:Baixo investimento em equipamentos e moldes.Produo de peas com diferentes espessuras em um mesmo molde.

Desvantagens:Alta perda de material.Difcil controle da uniformidade da espessura das paredes.Aplicaes

FundioO processo consiste em despejar a resina lquida adicionada a outras substncias que promovem endurecimento (catalisadores ou agentes de cura) dentro de um molde.Termoplsticos e termorrgidos podem ser fundidos.No empregadoaquecimento ou presso.

Vantagens e DesvantagensVantagens:O molde simples e baratoO produto relativamente livre de tenses residuaisO processo permite que sejam alcanados alto grau de planicidade e qualidades ticas desejveis nas chapas transparentes de plstico. Desvantagens: um processo para baixa produoAs peas sofrem contraes.AplicaesEncapsulamento de produtos eletrnicosBrindes e pequenos adornosAmostras para microscpios

Conformao e Processamento de Espumas PolimricasA espuma polimrica uma mistura de polmero e gs, que torna o material poroso ou celular. As mais comuns so:PoliestirenoPoliuretanoGases utilizados:ArNitrognioDixido de carbono

Propriedades Caractersticas Baixa densidade.Alta resistncia por unidade de pesoIsolamento trmicoBoa qualidade de absoro de energia

Classificao das Espumas PolimricasElastomricas Borracha.

Flexveis Polmero altamente plstico.

Rgidas Termoplstico rgido.Processos de espumaoConformadas por extruso e moldagem.Conformadas por asperso e vazamento.Espumas de PoliestirenoEspumas de Poliuretano

Aplicaes de Espumas Polimricas

EmbalagensCopos para bebidas quentesMaterial isolante trmico