Jornal fato 2203 16

download Jornal fato 2203 16

of 16

  • date post

    27-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    316
  • download

    54

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Jornal fato 2203 16

  • sergio damio

    Pelas ruas06

    r$ 1,00 - ano 13 - edio 3489

    Natureza ganhadestaque no diaMundial da gua

    Apesar da degradao, o Esprito Santo apresenta cenrios deslumbrantes, como a regio do Pico do Itabira. Governo, prefei-turas e iniciativa privada apresentam aes para

    preservar o meio ambiente e conservar os mananciais que esto desaparecendo devido ao desmatamento

    Cachoeiro de itapemirim - es | Tera-Feira | 22 de maro de 2016

    Crise Justia deferiu processo de recuperao das empresas do Grupo Itapemirim e estabeleceu prazo de dois meses para o plano ser apresentado. Caso contrrio, juiz pode decretar falncia

    grupo itapemirim ter 60 diaspara plano de recuperao

    E s p r i t o s a n t o d E

    Contra FaTo no h argumentoses.fato@terra.com.br | www.jornalfato.com.br

    Cmara vai barrartarifa do rotativosobre as motos

    Wanderson Amorim

    aougueiro morreao bater de motoem CachoeiroRonald Santana Nascimento ba-teu com sua moto contra a lateral de um carro e foi arremessado sobre o canteiro central

    aCideNTe

    11

    Juiz vai ouvirpresos antes deirem para cadeia A partir de hoje, os presos pro-visrios de 15 comarcas do Sul do estado sero atendidos pelo projeto Audincias de Custdia

    mUdaNa

    09

    Divulgao

    PmdB Capixaba defende sada do governo dilmaO diretrio do partido no Espri-to Santo anunciou a deciso de declarar oficialmente o afasta-mento do governo petista

    reTirada

    10

    09

    Vereadores afirmam que no concordam com cobrana prevista no projeto do novo estacionamento rotativo

    02 a 04

    07

    Arquivo FATO

    Mrcio Nascimento

  • ES dE Fato, tEra-FEira, 22 dE Maro dE 20162 esPeCial (28) 3511-7481es.fato@terra.com.brtwitter.com/jornalfato

    meio amBieNTe Para garantir os recursos hdricos, nascentes esto sendo cercadas no interior de Cachoeiro por meio de conscientizao do homem do campo

    Nascentes preservadas em Cachoeiro

    Uma trilha que leva a um dos pontos mais bonitos de Cachoeiro de Itapemirim reuniu neste final de semana um grupo de 30 pessoas na rea do Monumento Natural do Itabira, rea de preservao.

    O evento organizado pela Secretaria de Meio Ambiente fez parte da programao de educa-o ambiental Cachoeiro no Caminho das guas, no qual ser percorrida uma trilha experimental para avaliao de futuros passeios a serem feitos

    pela populao.O objetivo da cami-

    nhada promover o conhecimento da regio e tambm da trilha que pode ser utilizada como bom passeio de ecotu-rismo, com trechos que passam por crregos dentro da unidade de conservao e tambm na zona de amorteci-mento.

    O visual encantador, podendo ver de um lado a cidade de Cachoeiro e do outro o litoral. A caminhada teve incio s 6h45, com caf da

    manh na propriedade do ex-comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Joo Antnio Dars.

    Participaram da ca-minhada integrantes do Ministrio Pblico Estadual, do Exrcito Brasileiro, do Centro Excursionista Itabira, da Odebrecht, da Secretaria de Meio Ambiente, do 32 Grupo de Escoteiros Marap, alm de profes-sores e estudantes.

    A oitava edio do Ca-choeiro no Caminho das guas teve incio no

    ltimo dia 12. O en-cerramento da srie de aes ser amanh, com um Sarau Ambiental no Teatro Municipal Ru-bem Braga, das 19h30 s 21h30.

    Voltado para estudan-tes, gestores, profissio-nais da rea ambiental e populao geral, o evento ter apresenta-es musicais, teatrais, pardias, poesias e dan-as voltadas para temas relacionados gua e, ainda, ao combate ao mosquito Aedes aegypti. A entrada franca.

    O cercamento de reas de nascentes a mais nova frente do trabalho de preservao e con-servao de recursos hdricos desenvolvido no campo, pela prefeitura e rgos parceiros. Hoje, Dia Internacional das guas, a comunidade de Banca de Areia, no dis-trito de Pacotuba, recebe uma ao de conscienti-zao sobre o tema.

    Agricultores e represen-tantes do poder pblico participam do evento, a partir das 8h, na sede da associao de moradores. Alm da troca de infor-maes, esto previstas visitas a uma nascente cercada recentemente e a uma pequena barragem, construda por meio de parceria entre produtores e prefeitura.

    As orientaes sero repassadas por tcnicos das secretarias munici-pais de Meio Ambiente (Semma), Agricultura e Abastecimento (Semag), do Instituto de Defesa Agropecuria e Flores-tal (Idaf) e do Instituto

    Capixaba de Pesquisa e Extenso Rural (Incaper).

    A prefeitura oferece material (estacas e ara-mes) para os produto-res que queiram cercar nascentes em suas pro-priedades. Dessa forma, minimiza os custos do servio para o agricultor e incentiva a prtica, que evita o pisoteamento desses locais por animais e cria condies para que a natureza no entorno se recupere.

    Com a ao, a prefeitu-ra fortalece o trabalho de preservao da gua na localidade. Por ter sido a regio mais atingida pelo recente perodo de seca, essa foi a primeira a receber a construo de pequenas barragens e caixas secas, para a cap-tao e armazenamento de gua da chuva.

    As aes que envolvem a construo de pequenas barragens e caixas secas prosseguem na locali-dade de Jaboticabeiras, em Pacotuba, em que 35 propriedades podero ser beneficiadas.

    Belezas na trilha ao Pico do Itabira

    Pequenas quedas dgua e um visual impressionante do pico e da cidade empolgam

    pessoas que passam pela trilha

    Mrcio Nascimento

  • ES dE Fato, tEra-FEira, 22 dE Maro dE 2016 3iNForme(28) 3511-7481 es.fato@terra.com.brtwitter.com/jornalfato

    No Dia Mundial da gua, Odebrecht Ambiental destaca aes que vm mudando o comportamento da populao

    Conscientizar a po-pulao sobre a im-portncia de proteger os recursos hdricos um dos esforos da Odebrecht Ambiental em Cachoeiro de Ita-pemirim para as atuais e futuras geraes. No Dia Mundial da gua, a concessionria de gua e esgoto destaca suas frentes de aes, que envolvem preser-vao de nascentes e recuperao de reas degradadas.

    Temos o desafio de pensar a gesto dos recursos hdricos em

    Iniciativas visam mudanas de atitudes

    Preservao da Biodiversidade

    Comunidades assumem compromisso com o meio ambiente

    Agentes ambientais e aes nas comunidades

    Por meio do movimen-to Juntos pela gua, a Odebrecht Ambiental em Cachoeiro reuniu mais de 20 parceiros para o desenvolvimento de aes que promo-vem mudanas de ati-tudes e visam proteger os recursos hdricos.

    So realizadas aes de educao ambien-tal em escolas e nas comunidades, cursos, limpeza de crregos, entre outras ativida-des, que j entraram para o calendrio am-biental de Cachoeiro de Itapemirim.

    Por meio do Pro-grama Sementes da F lo res ta Nac iona l (Flona), iniciado em 2015, quatrocentos exemplares de esp-cies nativas do bio-ma da Mata Atlntica foram identificados e marcados. O traba-

    lho inclui aes de educao ambiental nas suas diferentes funes, como pes-quisa, recuperao de reas degrada-das, proteo de nas-centes, produo de sementes e visitas monitoradas.

    A Odebrecht Ambiental incentiva o compromis-so da populao com o meio ambiente. Em 2015, a concessionria distribuiu 22.000 saches de sementes de esp-cies nativas da Mata Atlntica para que a po-pulao fizesse o cultivo.

    Em 2016, como parte da Campanha da Fra-ternidade, a empresa e a Diocese de Cachoeiro de Itapemirim j distri-buram 2.000 sachs de sementes, incentivando o cultivo das mudas pe-las comunidades.

    Essa iniciativa est ali-

    nhada com a Campanha da Fraternidade 2016, que chama a ateno para a questo do sane-amento bsico no Brasil. Essas sementes sero cultivadas pela prpria populao e quando tor-narem-se mudas, sero plantadas em locais que

    precisam de proteo. Esse trabalho est sen-do desenvolvido pela Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, envolve a populao e provoca mudanas de comporta-mento, afirma o diretor da Odebrecht Ambiental, Denis Lacerda.

    Em outra frente de atuao, a Odebrecht Ambiental promoveu o curso de Formao de Agentes Ambientais, que capacitou 131 moradores do entorno dos crregos Gilson Carone e Santo Antnio para atuarem no desenvolvimento de

    projetos inovadores de educao ambiental em suas comunidades. Esses agentes atuam voluntaria-mente em seus bairros, abordando temas como poluio dos crregos de-corrente da ao humana, lanamentos irregulares de esgoto, entre outros.

    O curso faz parte do Programa de Revitali-zao dos Crregos, que inclui aes para o monitoramento e a revitalizao dos mes-mos. Atravs do Pro-grama, foram realizadas limpezas dos crregos Amarelo, Cobia, Gilson

    Carone e Santo Antnio, beneficiando mais de 21 bairros do entorno desses mananciais. Ou-tras aes socioambien-tais ocorrero em 2016, tendo como parceiros escolas, comunidades, empresas, poder pblico e a populao em geral.

    seus diversos usos, ga-rantindo o acesso a gua, mas tambm a sua pre-servao. Esse trabalho conduzido em parceria com a populao, o poder pblico e outras instituies do municpio, o que vem

    contribuindo para debates estratgicos e resultados prticos, afirma o diretor da Odebrecht Ambiental em Cachoeiro, Denis Lacerda.

    Atualmente, 99,73% da populao urbana recebe gua tratada de qualidade

    e 98,05% dos esgotos da rea urbana so coleta-dos. Destes, 100% so tratados pela Odebrecht Ambiental, inclusive nos distritos, evitando a po-luio do Rio Itapemirim e de crregos da regio.

    Fotos: Divulgao

  • ES dE Fato, tEra-FEira, 22 dE Maro dE 20164 esPeCial (28) 3511-7481es.fato@terra.com.brtwitter.com/jornalfato

    dia da gUa desafio hdrico mudou a relao de pessoas, empresas e do Poder Pblico com a gua

    estado ainda enfrenta racionamento

    O capixaba continua economizando gua. Nos municpios atendidos pela Cesan, a economia foi de 16 bilhes de litros no ano

    de 2015 em comparao com 2014, o que daria para abastecer o municpio de Serra durante oito meses.